8 de outubro de 2009

PROJECTOS


Aqui ficam alguns projectos que a Câmara Municipal de Oeiras, se propõe levar a cabo na nossa vila, nos próximos anos:

Marina de Paço de Arcos

Em primeira mão, e dado que ainda não tinha visto qualquer desenho do projecto, aqui fica a futura Marina de Paço de Arcos, segundo sei, a arrancar no próximo ano ou em 2011.


Passeio Marítimo - 3ª Fase

Em segundo lugar, e embora não seja visível na imagem, (mas sempre se pode tentar visualizar o troço entre os Socorros a Náufragos e o Forte da Giribita), a 3ª fase do Passeio Marítimo, que irá ligar as fases que já existem, ao início do troço que vai de Caxias à Cruz-Quebrada. Esta fase terá seguimento à execução da Marina.

Não me perguntem qual a solução para o troço entre a Praia Nova e a Praia Velha que, segundo sei, ainda está em estudo.



Auditório José de Castro

E finalmente, esta já é uma "novidade velha", a maqueta do Auditório José de Castro, a localizar nas actuais, mas já desactivadas, instalações da APPA.

Ficaremos atentos à evolução destes e de outros projectos que a CMO tem para a nossa vila e aqui deixaremos o nosso testemunho quando assim acharmos de direito.



Colaboração do Bardino Vitor Martinez.




2 comentários:

Fernando Reigosa disse...

Penso que são três projectos da maior impotância para Paço de Arcos nos próximos tempos, a par da solução final para o Palácio dos Arcos, e a recuperação de edifícios 'chave' na baixa histórica, como já temos abordado.
Temo bem que a marina vá tardar mais a arrancar. Seguramente vai haver a tentação de ligar essa obra com próximas eleições autárquicas.
Quanto ao auditório José de Castro, é a justiça mínima que se pode fazer ao(em minha modesta opinião) melhor actor português de todos os tempos. Tempo foi o seu problema. Explico. Manifestou uma 'cor' política fora de tempo, e houve quem não lhe perdoasse, nem enxergasse a grandeze do HOMEM.
São as pequenas(?) diatribes deste Portugal, que, apesar disso se vai moldando no bom sentido.
Também vou estar atento, e bem acompanhado.

pedro disse...

viva!
passado 1 ano, há alguma novidade quanto a estes projectos?