6 de fevereiro de 2010

OS BARDINOS NA TV


Um Bardino vedeta(inha) da TV

Já me tinham dito que um tal de Carlos André tinha sido avistado a brilhar (a grande altura, segundo a minha fonte) num programa da Televisão Nacional.

Em boa verdade não quis, literalmente, acreditar. Pensei estar a ser alvo de qualquer brincadeira.
Até porque conhecem o apreço que tenho pelos companheiros Bardinos.

Estava eu ontem em calmo recato na minha poltrona, tentando enxotar o ‘João Pestana’, e saltitando de canal em canal, como habitualmente à procura de algo que me despertasse o interesse, quando……… mas o que é isto? Nada mais nada menos que um tal de Carlos André a abrir a porta de casa a uma rapaziada de câmaras e microfones em mão, em pijama, seria tarde, e quando consigo concentrar-me, percebo que desencantou a sua filhota, também em pijama, e os dois rumaram ao estúdio onde estava a ser gravado o programa “5 Para a Meia-noite” da RTP 2.

Depois pouco mais houve, que nos interesse, excepto um depoimento do Carlos André, que sinceramente não captei (talvez o estado de torpor ainda me entupisse o entendimento).

Fiquei a saber que era uma rubrica habitual daquele programa, a qual consiste em ‘raptar’ alguém em pijama (meia-noite) para ir até aos estúdios assistir ao programa, e, provavelmente, participar. Isto porque não o enxergando (o meu companheiro Bardino) na dezena de segundos imediata, julgo que me apaguei e rastejei até à cama.

Fica a nota, para a história. Sei que muitas outras oportunidades havemos de ter, porque este grupo é altamente promissor.

Vão ouvir falar de nós.


video





Colaboração do Bardino Fernando Reigosa.


1 comentário:

Anónimo disse...

Amigos,
Esta rapaziada BARDÍNICA é de ... gritos!!!!
Quais repórteres noticiosos e ... engravatados!!!!???
Rien de rien!
Nada disso!
Estão atentos a ... tudo o que mexe!!!
Voilá, ... "qu`inté" foram descobrir esta preciosidade ... digna dos "tesourinhos mais ... do que deprimentes" para ... quem tem uma campainha de porta ... pública.
Ele ... há ... com dada uma!

O Vosso,
"sempre atento à campaínha que ... Toca a Desoras"

Carlos André